2017

Nova Coleção Havaianas. Corra antes que a Camila Queiroz leve todas!

2017

Futebol é igual Havaianas: todo mundo pode amar.

2017

2017

Você é bonita e talentosa? Assista ao vídeo e descubra.

1969

Até aqui só existiam as tradicionais Havaianas azuis e brancas. Um erro de maquinário produziu Havaianas verdes, que acabaram indo para o mercado. Problema? Nada. O povo amou. Havaianas aproveitou a onda e começou a produzir pares ferrugem, amarelo e preto.

1970

Os conflitos armados mundiais dos anos 60 abriram caminho para cultura de Paz & Amor. O movimento hippie pregava uma vida livre de excessos de consumo, que fez os chinelos entrarem na moda. No Brasil, os jovens e os mais politizados entraram no clima, calçando Havaianas.

1973

O que é bom, inevitavelmente é copiado. Para defender-se das cópias: Havaianas lança o slogan “Proteja-se das fajutas. Legítimas, só Havaianas. Não deformam, não soltam as tiras e não têm cheiro.“ O garoto propaganda era o humorista Chico Anysio. O termo “fajuta” pega. E entra para o dicionário Aurélio como sinônimo de produto falsificado e de má qualidade.

1973

Havaianas inova na sua comunicação. Para filmar uma série de comerciais em 1973, foi criada uma sandália gigante, de 42 metros e 4 toneladas. Celebridades da época passaram sobre aquelas Havaianas.

1980

Havaianas é básica como o arroz-e-feijão de todos os dias. Nos anos oitenta, o Ministério da Fazenda incluiu as sandálias na lista de produtos fundamentais para a vida do brasileiro.

1994

Havaianas vai a campo e investiga quem de fato pisa sobre elas. Percebe que, entre anônimos e famosos, todo mundo usa.

1995

Foi lançada a Havaianas Floral, com flores de hibiscus – a primeira de muitas Havaianas estampadas. Nesse momento foram criadas linhas, como Fit e Baby.

1996

É a década da grande “virada.” O brasileiro começa a ‘customizar’ Havaianas, virando a sola colorida para cima, para ter um modelo monocolor. Era sinal de que o individualismo característico dos anos 90 pedia sandálias para diferentes estilos. Havaianas capta o espírito do tempo e cria o modelo Top. Hoje são mais de 15 cores que… todo mundo usa.

1997

Modelos, músicos e jogadores brasileiros estavam no radar mundial. Por hábito, a maioria usava Havaianas e era fotografada por paparazzi com as sandálias nos pés. A web ajudou espalhar esse hype – e o mundo todo começou a querer usar as legítimas brasileiras.

1998

Para a Copa do Mundo de 98, é lançada a Havaianas Copa, com uma pequena bandeira do Brasil na tira. A sandália se tornou objeto de desejo no mundo. A Seleção Brasileira perdeu o campeonato. Só que para Havaianas o jogo virou. O sucesso mundial das bandeirinhas fez a série ser rebatizada Havaianas Brasil – hoje uma das mais vendidas no mundo.

1998

Havaianas começa cruzar fronteiras de maneira despretensiosa – literalmente dentro da mala das pessoas. Uns levavam como presente. Outros para vender informalmente. Fato é que as sandálias brasileiras começaram a cair no gosto de gente do mundo todo.

1999

Havaianas coloca o pé na moda em um desfile do estilista francês Jean Paul Gaultier. Depois disso não deixou mais de desfilar para grandes marcas e estilistas acompanhando o sucesso da moda brasileira no mundo todo.

1999

As Havaianas continuam se espalhando pelo mundo. Começam a ser distribuídas oficialmente na Espanha, Portugal, Itália, França, Inglaterra, EUA, República Dominicana e Japão.

2000

Entre a ameaça do bug do milênio e muita ansiedade para chegada do ano 2000, uma certeza: Havaianas nos pés dos brasileiros no Réveillon do milênio. E um modelo especial foi criado: a primeira sandália que brilhava no escuro.

2001

Nasce a Special Collection: Havaianas super especiais com detalhes exclusivos como cristais e malhas de metal costuradas à mão por artesãs no Nordeste. Uma coleção única e sofisticada feita por mãos brasileiras para os pés do mundo inteiro.

2003

Os filipinos mudaram sua maneira de pensar em chinelos ao conhecer Havaianas. Antes, eram coisa de praia, hoje são símbolo de diversão, de moda – e de casualidade. Um verdadeiro fenômeno no país.

2003

E o Oscar vai para... Havaianas, que inicia uma série de participações na maior premiação de cinema do mundo, presenteando os indicados com um par. Tudo a ver. Depois de horas sobre saltos e sapatos apertados no tapete vermelho, nada melhor do que pisar numa Havaianas.

2004

Diamantes são eternos, Havaianas também. Em 2004 é lançada uma edição especial com acabamento em ouro 18K e diamantes em parceria com a joalheria H.Stern. Uma sandália que era uma joia.

2004

Havaianas começa surfar pelo Oceano Índico a partir das ilhas Maurício. Hoje são encontradas em praticamente todo resort de Seychelles, Mayotte e Maldivas.

2004

Havaianas inicia uma parceria com o Instituto de Pesquisas Ecológicas (IPÊ) para financiar estudos para a conservação de espécies da natureza brasileira – muitas delas ameaçadas de extinção, como o Mico Leão de Cara Preta, o Guará, a Arara Azul. Das vendas das sandálias, 7% é direcionado para o IPÊ. Até hoje, mais de R$ 7.300.000,00 já foram repassados ao instituto.

2005

Estudantes de escolas tradicionais de São Paulo fazem protesto pelo direito de ir à aula usando Havaianas. Hoje, alguns escritórios instituíram a sexta-feira como Havaianas Day. Foi uma maneira de abrasileirar a Casual Friday.

2006

As Havaianas Slim vieram para agradar ainda mais as mulheres. Com tiras mais finas e delicadas, caíram no gosto do nosso público mais exigente e já são um ícone da marca.

2006

Na Austrália, Havaianas bate um recorde e entra para o Guiness Book pela primeira vez. Em um desafio anual, milhares de australianos se reúnem nas praias do país com boias em formato de Havaianas fazendo a maior fila do mundo. Cada um compra sua boia e o valor arrecadado é revertido para projetos sociais.

2007

O povo de Taiwan acha praticamente impossível pronunciar Havaianas, mas o que não fez a menor diferença quando chegaram lá: eles entenderam tudo quando colocaram no pé.

2007

Entre a ameaça do bug do milênio e muita ansiedade para chegada do ano 2000, uma certeza: Havaianas nos pés dos brasileiros no Réveillon do milênio. E um modelo especial foi criado: a primeira sandália que brilhava no escuro.

2008

Havaianas abre QG na Espanha. Hoje também possui escritórios em Portugal, França, Inglaterra, Itália e na Alemanha.

2009

Com a missão de ajudar a conservar a biodiversidade dos mares brasileiros, Havaianas faz uma parceria com a ONG Conservação Internacional apoiando projetos de conservação no arquipélago de Abrolhos. Tudo isso com 7% da venda das sandálias exclusivas do projeto revertida para a organização.

2009

Inauguração do Espaço Havaianas, na rua Oscar Freire, em São Paulo. Com todos os modelos, a loja-conceito tem no centro uma banca de frutas. No lugar delas, todo colorido de Havaianas – para homenagear a origem popular da marca.

2010

O clima tropical do Brasil permite que todo mundo use Havaianas o ano todo. Para se pisar de Havaianas em qualquer estação ou país, foi lançada na Europa a Soul Collection – uma linha de tênis casuais e alpargatas com a “alma de Havaianas”, traduzida no solado exclusivo: uma palmilha das legítimas. O sucesso chegou ao Brasil no ano seguinte e já conta com dezenas de modelos nas lojas.

2010

A italianíssima Missoni imprime seu DNA em Havaianas. Mais uma das parcerias exclusivas de Havaianas em sandálias. Além de muitas outras que andaram com a gente.

2011

Havaianas inicia uma parceria com a Disney em modelos exclusivos com os personagens desse mundo mágico.

2012

Em 2012, Havaianas celebra seu aniversário de 50 anos! Uma edição comemorativa foi criada e sua renda revertida para projetos da UNICEF.

2013

Mais uma vez, Havaianas inova e lança a linha Flat, as rasteirinhas das Havaianas. Moderas, delicadas e com design super feminino, garantem conforto para os momentos de lazer.

2014

Inspirada na alegria e na brasilidade, Havaianas lança sua primeira coleção de roupas. A coleção apresenta uma linha de produtos de verão, com design casual, leve e com cores vibrantes.

2015

Os dias chuvosos ficaram mais coloridos com a chegada das Galochas Havaianas. Feitas de borracha e do espírito alegre das legítimas.

2016

Havaianas que começou sua história nos pés dos brasileiros, chega agora na cabeça de todo mundo. Nossa primeira coleção de óculos escuros é lançada.